Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você tomaria vacina contra a Covid - 19 sem passar pela ANVISA?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 07.04.2021 16:30h
Câmara Federal

Oposição segue em obstrução contra compra de vacina pelo setor privado; acompanhe

 

A oposição mantém obstrução contra o projeto que amplia a permissão de compra de vacinas pelo setor privado (PL 948/21). Falta votar quatro destaques para concluir a votação do texto, que libera a compra de vacinas pelo setor privado, com doação obrigatória de doses ao Sistema Único de Saúde. (Foto ilustração)

Os empresários poderão comprar imunizantes que não tiveram aval da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), desde que autorizados por agências reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde.

A líder do Psol deputada Taliria Petrone (RJ), disse que a proposta consolida a criação de uma fila dupla de vacinação, em prejuízo da população brasileira. “Vai gerar escassez de insumos e romper com o plano nacional de imunização com a vacinação de pessoas sem critérios epidemiológicos”, criticou.

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) defendeu a proposta e afirmou que o texto está sendo objeto de “interpretações enganosas”. Ele destacou que o texto define que as empresas só poderão ser atendidas após a entrega de todos os lotes comprados pelo governo. E acusou governadores de atrasarem a vacinação. (Agência Câmara)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Genesio Serafim - Loja de vete
 
Lindiomar - Cerveja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2021

2020

2019

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia