Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.06.2021 10:40h
Procurador-geral da República

Denúncia contra Bolsonaro aumenta a pressão sobre Aras

 

A notícia-crime apresentada por três senadores ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra Jair Bolsonaro coloca o procurador-geral da República, Augusto Aras (foto ilustração), na corda bamba. Caso aceite as acusações e ofereça denúncia contra o presidente, sai de vez da lista de cotados para ocupar uma cadeira na mais alta Corte do país. Ao mesmo tempo, se decidir arquivar a peça dos parlamentares, pode ser alvo do Conselho Superior do Ministério Público (CSMPF). No momento, Aras tem minoria no colegiado e encontra críticas dos pares diante da conduta que vem tendo, de alinhamento ao Palácio do Planalto.

A ministra Rosa Weber, em uma decisão anterior e no âmbito de um habeas corpus, afirmou que são “graves” as acusações de que existe um esquema de fraude em contratos da compra de vacinas pelo Ministério da Saúde. A aquisição da Covaxin coloca Bolsonaro num turbilhão, pois foi acusado pelo deputado Luís Miranda (DEM-DF) e pelo irmão dele, Luis Ricardo Miranda — chefe do Departamento de Importação do Ministério da Saúde —, de ter sido avisado por eles de um esquema irregular sobre a Covaxin e não ter tomado providências.

Constrangimento

Normalmente, a notícia-crime seria impetrada na PGR, mas, por desconfiarem da atuação de Aras, os parlamentares foram direto ao STF para forçarem uma intimação ao procurador-geral para que apresente denúncia. Para Danilo Morais, professor de Ciências Políticas do Ibmec Brasília, apesar da titularidade da ação penal ser da Procuradoria-Geral, o envio ao Supremo aumenta a pressão de decisão rápida sobre o tema. “Cria um constrangimento moral para a PGR, na medida em que lhe impõe um prazo certo e limitado para se manifestar de forma pública. Fosse dirigido diretamente ao procurador o pedido, ele poderia escolher o timing mais conveniente para se manifestar e endereçar sua resposta estritamente ao noticiante do fato, esperando, por exemplo, que a pressão da opinião pública esfrie”, explicou.

Mesmo que a PGR decida por arquivar o caso, existe a expectativa de que o Supremo decida pela manutenção da ação. O advogado constitucionalista Thiago Sorrentino afirmou que, em situações normais, cabe ao chefe do Ministério Público decidir o que fazer. Mas não descarta que outro caminho seja seguido. “Caberia ao PGR decidir pela conveniência e validade da denúncia. No regime normal, se entendesse incabível a ação, toda a questão terminaria com essa decisão. Porém vivemos um momento atípico, em que muitas regras jurídicas estão sendo reescritas. Então, é necessário não descartar uma ação mais política do STF”, destacou. )CB)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia