Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.08.2021 12:42h
CPI da Covid-19

Renan diz que motoboy pagou boletos de Roberto Dias.

 

Relator da CPI da Pandemia, o senador Renan Calheiros (MDB-AL-Foto) disse ter recebido imagens e informações de que o motoboy Ivanildo Gonçalves pagou contas para o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias. Ivanildo entrou na mira da comissão após o Jornal de Brasília revelar que o motociclista sacou R$ 4,7 milhões em favor da VTCLog, empresa de logística ligada ao Ministério.

“Acabamos de receber indícios veementes de que era o próprio Ivanildo, o motoboy, que pagava os boletos de dívida junto à Voetur [representante da VTCLog] do Roberto Ferreira Dias”, declarou Renan Calheiros. O presidente Omar Aziz (PSD-AM) respondeu, surpreso: “Não acredito”.

Renan afirmou possuir fotos que comprovam que Ivanildo pagou os boletos em favor de Roberto Dias e mostrou duas delas. Na primeira imagem, Ivanildo aparece com um capacete na mão adentrando uma agência do banco Bradesco no dia 24 de junho deste ano; na outra, aparecem os dados da transação bancária por ele realizada. O horário no comprovante bate com a chegada do motoboy.

Omar Aziz disse que pedirá aos bancos Bradesco e Caixa Econômica imagens de câmeras de segurança. “Eu espero que o Bradesco e a Caixa econômica possam contribuir com a CPI.”

“Se isso não tem pertinência temática com a CPI, nada mais terá”, disse o vice-presidente Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Randolfe se refere à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que permitiu a Ivanildo o não comparecimento à comissão sob a afirmação de que ele não teria com o que contribuir aos senadores.

Sobre Roberto Dias, Omar Aziz disse que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal tinham conhecimento de irregularidades cometidas pelo então diretor de Logística desde o ano passado. “Foi preciso a CPI para tirá-lo do governo, senão ele não sairia. E ainda tem gente que diz que eu não deveria prendê-lo, declarou Aziz. Dias foi o único depoente da CPI da Pandemia a ter mandado de prisão expedido por faltar com a verdade durante depoimento. (Por Willian Matos/JBr)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia