Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Crianças entre 5 e 11 anos devem tomar vacina contra covid-19?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.11.2021 15:04h
Interior da Bahia

Serrinha: Respiradores comprados durante a pandemia pela Prefeitura 700% mais caros

 
Foto Reprodução

As investigações da Controladoria Geral da União (CGU), através da Operação Saturação, apontam que as compras por dispensa de licitação feitas pela Prefeitura de Serrinha, no Nordeste baiano, superaram até o preço inflacionado do começo da pandemia. As dispensas de licitação ocorreram em março e abril de 2020.

De acordo com o levantamento da CGU, a Prefeitura de Serrinha pagou mais de R$ 1 milhão em gastos com finalidade de prevenção e combate à Covid-19. A contratada era uma empresa sediada em Manaus, capital do Amazonas. Além de respiradores, as licitações previam a compra de insumos e equipamentos médico-hospitalares, como monitores multiparamétricos, bombas de infusão e máscaras N95.

O superintendente da Controladoria Geral da União (CGU), Ronaldo Machado de Oliveira, afirmou que os valores "foram bem exorbitantes". Ele relatou que em uma das aquisições de respiradores, enquanto o preço médio de importação saía por 7,5 mil a unidade, a Prefeitura de Serrinha comprava por R$ 52,5 mil, um aumento de mais de 700%.

Nesta terça-feira (30), agentes da CGU e da Polícia Federal (PF) cumpriram 12 mandados de busca e apreensão, sendo que sete deles foi na cidade de Serrinha. Não houve prisão e nem condução coercitiva de suspeitos. A investigação teve início em novembro do ano passado, quando um inquérito foi aberto. (A Tarde - Foto Reprodução) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Site Bahia na Poltica 2022
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia