Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a democracia está ameaçada no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.03.2022 10:25h
Estado de São Paulo

SP: Alesp congela valor do imposto sobre o diesel por, no mínimo, 12 meses

 

Os deputados da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) votaram a favor do congelamento do imposto em cima do combustível diesel hoje. Com a decisão, reajustes no valor do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) estarão congelados pelos próximos 12 meses, no mínimo. (Foto ilustração)

O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), responsável pela incidência do imposto sobre o diesel, permitiu que o estado conceda desconto, também chamado de benefício fiscal, de R$ 0,35 por cada litro do combustível, utilizado principalmente por caminhoneiros. Essa movimentação possibilita que o ICMS realmente não aumente.
No comando da Alesp, o presidente e deputado Carlão Pignatari explicou que essa decisão em relação ao imposto é motivo de comemoração para todos, sejam as empresas de transportes ou pessoas que utilizam este combustível em geral.

"O congelamento do ICMS sobre o óleo diesel vai ajudar a todos, e favorecer a renda e a economia das famílias. Essa é uma ação do Confaz, que o governo de São Paulo faz parte e trabalha pela população", disse o político.

Enquanto isso, no entanto, esse mesmo congelamento, só que em relação aos outros tipos de combustíveis, é uma discussão que foi prorrogada para o final de junho, com o governo de São Paulo apontando que os estados estão fazendo sua parte.
"Mais uma vez, os Estados fazem sua parte para tentar reduzir o impacto negativo do custo dos combustíveis na economia - apesar de não ser o ICMS a causa dos aumentos, e sim a alta do produto no mercado internacional, o câmbio, a política de preços da Petrobras e a política econômica do governo federal", afirmaram. (uol)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia