Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a democracia está ameaçada no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.03.2022 10:40h
Região Metropolitana de Salvador

Justiça determina que Prefeitura repasse valores do duodécimo à Câmara de Dias d"Ávila

 

Desde janeiro deste ano a Câmara Municipal de Dias d'Ávila vivia um dilema, a Prefeitura Municipal não repassava os valores reduzidos do duodécimo mensal. Após muitas reclamações partindo do Legislativo Municipal, embates e medidas tomadas para que não fossem atrapalhados, na manhã da última terça-feira (29), o impasse foi resolvido pela justiça. (Foto ilustração: Câmara Municipal Dias d'Ávila)

A justiça concedeu liminar em um mandado de segurança a favor da Câmara Municipal de Dias d'Ávila, após a Prefeitura repassar valores reduzidos do duodécimo mensal. A gestão do Prefeito Alberto Castro (PSDB) foi intimada a repassar os valores devidos em até 24 horas, sob pena de que o prefeito tenha que responder por improbidade administrativa e ter verbas bloqueadas.

Na decisão, o Juiz Dr. Josemar Dias Cerqueira, afirmou que os duodécimos não pertencem ao Prefeito, "sendo, no mínimo, deselegante que o Poder Executivo faça afirmação de que repassou o 'necessário e suficiente à satisfação das despesas do Legislativo'. Não é o Poder Executivo que faz gestão sobre ele".

O duodécimo corresponde aos repasses mensais realizados pelo Poder Executivo Municipal à Câmara para realização das despesas aprovadas em seu respectivo orçamento. O TCM prevê, para 2022, repasse do duodécimo mensal de R$ 804.310,26. No entanto, a prefeitura repassou R$ 435.647,68 em janeiro, R$ 581.068,79 em fevereiro e R$ 579.559,34 em março. Os montantes recebidos até o momento, não estão de acordo com o aprovado pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA).

O caso vinha sendo questionado pelo Presidente da Câmara Municipal, Vereador Renato Henrique (PP), que decidiu acionar o direito na justiça. "A justiça nos deu causa favorável por que estamos trabalhando de forma certa e muito séria. Fica claro que o Prefeito Alberto Castro quer a todo custo atrapalhar o trabalho da Câmara por sermos independentes. A vitória que obtivemos reafirma a perseguição política que estamos enfrentando", destacou. Por falta do repasse integral, o presidente havia decidido suspender parte do pagamento dos salários dos assessores legislativos, que fez a base do governo protestar e não participar da sessão ordinária da última segunda-feira (28). (jornalfolhadoestado)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia