Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a democracia está ameaçada no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.04.2022 05:25h
Paralização

Servidores do BC aprovam retomada de greve, diz sindicato

 

 Servidores do Banco Central (BC) aprovaram nesta sexta-feira a retomada da greve da categoria, que estava suspensa desde a semana passada, informou o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC, Fábio Faiad. (Foto ilustração)

De acordo com o dirigente da entidade, a greve será reiniciada na próxima terça-feira e não há prazo para encerramento.

"As razões principais foram o descumprimento por parte do presidente do BC em conseguir em abril de 2022 uma reunião entre o sindicato e o ministro (da Casa Civil) Ciro Nogueira, a não apresentação de uma proposta alternativa aos 5% (de reajuste) e a não apresentação de uma proposta sobre a parte não salarial de nossas demandas", disse.

Procurado, o Banco Central informou que não vai comentar.

Na última semana, os servidores do BC haviam decidido suspender a greve deflagrada no início do mês, mas continuaram trabalhando em regime de operação-padrão, com paralisações parciais diárias.

O sindicato considera insuficiente a proposta do governo de promover um reajuste linear de 5% para todo o funcionalismo federal.

Os servidores do órgão aprovaram a primeira etapa da greve em 1º de abril e, antes disso, já vinham promovendo paralisações, o que tem afetado a divulgação de estatísticas e indicadores e atrasado a implementação de projetos do banco. (Bernardo Caram)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia