Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 23.06.2022 06:31h
Feira de Santana

Prisão preventiva de ex-ministro da Educação repercute na Câmara Municipal

 

A prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, em uma operação da Polícia Federal, repercutiu na Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta quarta-feira (22), na fala dos vereadores Professor Ivamberg (PT) e Jhonatas Monteiro (PSOL-foto). A investigação diz respeito a um suposto gabinete paralelo que distribuía verbas para prefeituras, ou diretamente para escolas, de maneira irregular, a beneficiar pessoas ligadas ao ministro.

“Com a influência de alguns pastores ligados ao ministro, esse dinheiro foi liberado de forma inadvertida, sem respeitar as regras, derramado em cidades minúsculas, que não deveriam receber aquele montante. A Polícia Federal quando deflagra uma operação dessas já tem todas as provas”, pontuou Ivamberg.

Jhonatas Monteiro lembrou que não se trata de uma questão religiosa e lembrou que muitos municípios foram prejudicados com a ação de corrupção, porque os gestores não aceitaram participar do esquema. “Enquanto o Governo favoreceu aliados descaradamente, liberando recursos do FNDE muito além da demanda real das localidades, travou recursos para mais de 300 municípios do país”, lamentou. (Daniela Oliveira)


  

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia