Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a democracia está ameaçada no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.06.2022 08:37h
Economia baiana

Gás de cozinha fica mais caro na Bahia a partir desta sexta

 
Foto Pedro Ventura/Agência Brasilia

Os baianos vão começar o mês de julho com mais um peso no orçamento. A partir desta sexta-feira (1°), o gás de cozinha vai ficar mais caro no estado. O Sindicato de Revendedores (Sindrevgás) informou que o preço para as distribuidoras foi reajustado em R$ 4,90 e o repasse para o consumidor vai ficar entre R$ 5 e R$ 7.

De acordo com a TV Bahia, a Acelen, empresa que controla a refinaria Mataripe (ex-RLAM), não informou sobre o aumento, mas, de acordo com o sindicato, a informação já foi passada para as revendedoras. A medida faria parte da política da empresa, que todo dia 1° de cada mês revê os preços praticados, podendo determinar aumento ou diminuição no valor do produto.

O preço médio do botijão de gás na Bahia, entre os dias 19 e 25 de junho, era de R$ 105,78, segundo o levantamento semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP). O valor mais caro encontrado no estado foi de R$ 130,00 e o mais barato foi R$ 90,00.

O reajuste será o quarto somente em 2022. O último ocorreu no início de maio, quando, pela primeira vez no ano, o preço do botijão diminuiu. Na época, o reajuste deixou o gás de cozinha 10,7% mais barato. (M1 - Foto Pedro Ventura/Agência Brasilia) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia