Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.08.2022 06:00h
Corrida presidencial

Pesquisa Quaest para presidente: Lula tem 44%; e Bolsonaro, 32%

 

A nova rodada da pesquisa Quaest, divulgada nesta quarta-feira (31/8), mostra um cenário de estabilidade na corrida presidencial em relação aos últimos levantamentos do instituto. Na pesquisa estimulada, quando os candidatos são apresentados ao entrevistado, Lula e Jair Bolsonaro oscilaram um ponto para baixo, dentro da margem de erro de dois pontos, chegando a 44% e 32%, respectivamente. (Foto ilustração: Lula e Bolsonaro)

Em 3 de agosto, a Quaest aferiu Lula, do PT, com 44% e Bolsonaro, do PL, com 32%. Duas semanas depois, em 17 de agosto, Lula marcou 45% e Bolsonaro, 33%. Agora, os dois líderes voltaram ao patamar do início do mês: 44% a 32%.

Completaram a lista do cenário estimulado Ciro Gomes, do PDT, com 8%; Simone Tebet, do MDB, com 3%; Pablo Marçal, do Pros, com 1%; Vera Lúcia, do PSTU, com 1%; indecisos, 6%; branco, nulo e não pretende votar, 5%. Felipe D’Ávila, do Novo, Sofia Manzano, do PCB, e Roberto Jefferson, do PTB, não pontuaram.

Já na pesquisa espontânea, que não oferece ao entrevistado os nomes dos presidenciáveis, Lula aparece com 32% e Bolsonaro, 25%. Indecisos são 37%. Ciro Gomes aparece com 3%. Branco, nulo e não pretende votar, 2%. Em relação aos dois últimos levantamentos, Lula e Bolsonaro seguiram oscilando dentro da margem de erro: Lula caiu um ponto, ao passo que Bolsonaro caiu dois.

Encomendada pela Genial Investimentos, a pesquisa apontou um cenário estável também em um eventual segundo turno: Lula com 51% e Bolsonaro, 37%. Branco, nulo e não pretende votar, 9%. Indecisos somaram 4%. Em 3 de agosto, o retrato do ex-presidente e do presidente era o mesmo: 51% a 37% no segundo turno. Em 17 de agosto, foi de 51% a 38%, ainda dentro da margem de erro.

De 25 a 28 de agosto, a Quaest fez 2 mil entrevistas pessoais com eleitores a partir de 16 anos. A margem de erro é de dois pontos. O nível de confiança, 95%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00585/2022. (metrópoles)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia