Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 07:55h
Tribunal Superior Eleitoral

Alexandre de Moraes pede que cessem ataques às urnas eletrônicas e notícias falsas

 
Foto: Luiz Felipe Barbiéri/g1

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, afirmou neste domingo (30), após a divulgação dos resultados do 2º turno das eleições de 2022, que os brasileiros mostraram que confiam nas urnas eletrônicas e na justiça eleitoral.

"Urnas eletrônicas são patrimônio nacional e espero que, a partir dessa eleição, finalmente cessem as agressões ao sistema eleitoral, cessem os discursos fantasiosos, as notícias fraudulentas, as notícias criminosas contra as urnas eletrônicas, porque quem novamente atestou a credibilidade das urnas eletrônicas foi o povo brasileiro", disse Moraes.

O ministro fez elogios ao sistema eleitoral, mencionando a segurança, a eficiência e a competência do TSE ao longo do pleito.

"Não existe país no mundo [...] com 156 milhões de eleitores, com mais de 124 milhões de leitores comparecendo para votar, nenhum país do mundo que, aproximadamente 3h40 depois do término das eleições, proclamam o resultado com absoluta segurança, eficiência e competência."
O magistrado também destacou que o pleito foi encerrado "com o maior número de votos em candidatos da história brasileira".

"Encerramos esse impotantíssimo momento, as eleiçoes de 2022, com o maior número de votos em candidatos da história brasileira. Percentualmente e em termos absolutos", disse Moraes.

O magistrado apontou que, além do "maior número de votos em candidatos da história", houve redução da taxa de abstenção entre os 1º e 2º turnos. Segundo Moraes, nas eleições passadas, foi registrado aumento do índice nessa comparação.

"Neste ano, no 1º turno, 20,95% [abstenção]. No 2º turno, diminuímos para 20,56%." (G1 - Foto: Luiz Felipe Barbiéri/g1)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia