Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.04.2023 07:10h
Ministro do Trabalho

Marinho confirma isenção do IR para salários de até R$ 2.640: "Compromisso"

 

Luiz Marinho (foto ilustração) confirmou que, a partir de primeiro de maio os trabalhadores que recebem até R$ 2.640 por mês não terão “nenhum centavo retido na folha de pagamento” pelo Imposto de Renda. A declaração do ministro do Trabalho foi dada durante entrevista ao repórter Túlio Amâncio, para a BandNews TV.

Segundo Marinho, este é o primeiro passo para cumprir uma promessa de campanha do presidente Lula (PT). “Você sabe, Lula assumiu o compromisso de isentar até R$ 5 mil, essa é a primeira etapa do cumprimento do compromisso. Isso é muito importante porque os trabalhadores de baixa renda passam a ter um poder aquisitivo maior”, explica.

Para o ministro do Trabalho, a ideia de isentar o imposto para salários nesse valor é de estimular a economia. “Nós necessitamos de estimular que as famílias retomem o processo de consumo, que o seu salário passe a ter maior participação na economia brasileira", pontua.

A isenção, segundo Marinho, é aliada ao debate do aumento do salário mínimo, acordos sindicais para alavancar o consumo “e consequentemente, a possibilidade de criar empregos de qualidade”. (bandnews) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia