Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 10.02.2024 08:00h
Costa do Cacau

Ilhéus: Condenação em 2ª instância torna ex-presidente da câmara municipal inelegível

 

A 2ª Turma da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) rejeitou apelação da defesa do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus Lukas Paiva (foto ilustração) e manteve a condenação do réu por tentativa de embaraçar a investigação de crime de organização criminosa. A conduta ilegal é prevista no artigo segundo, parágrafo primeiro, da Lei das Organizações Criminosas (Lei nº 12.850/2013).

A decisão mantém a sentença da 1ª Vara Criminal de Ilhéus, de março de 2023, proferida pela juíza Emanuele Vita Leite Armede, responsável pelo julgamento das ações penais da Operação Xavier, que investigou supostos crimes de Lukas e aliados durante a gestão do ex-vereador na presidência da Câmara, no biênio 2017-2018.

De acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), autor da acusação, Lukas teria recebido a ajuda de um amigo, o advogado Taciano Aragão Leite, para, supostamente, desencorajar delação de outro réu, ameaçar testemunha, falsificar documento e oferecer vantagens ilegais a investigados, visando atrapalhar o andamento regular das investigações.

INELEGÍVEL

Na 2ª Turma da Primeira Câmara Criminal do TJ-BA, a relatoria do recurso coube ao desembargador Pedro Augusto Costa Guerra, que foi acompanhado pelos pares de forma unânime. “Acordam os Desembargadores integrantes da colenda 2ª Turma da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, à unanimidade, em conhecer do apelo, rejeitar as preliminares, e negar-lhe provimento, nos termos do voto condutor”, diz trecho do acórdão do dia 31 de janeiro passado.

Lukas Paiva já havia sido condenado em outras duas ações penais, em primeira instância, e ficou preso por 270 dias em 2020. Agora, com a decisão colegiada de segundo grau, a Justiça torna o ex-presidente da Câmara de Vereadores inelegível por oito anos. (pimenta) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia