Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você daria um Título de Cidadão a Jair Bolsonaro?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.08.2013 10:40h
Ponto de vista

Síria – Uma situação explosiva

 
Hosannah Leite

Hosannah Leite

Estamos vivenciando uma possibilidade de guerra "infernal". Os interesses estratégicos militares cruzam-se com os interesses econômicos. A alternativa de bombardeio à Síria desvia a atenção da crise de "espionagem" e coloca em primeiro plano a situação de guerra no Oriente Médio.

Sempre os mesmos os envolvidos: EUA, Inglaterra, França e outros aliados. Coréia, Vietnã, Bósnia, Afeganistão, Iraque, Líbia, etc, são receptadores dos "bombardeios humanitários". O Império expande os seus tentáculos. Hoje, em foco, a Síria. Amanhã, o Irã. Depois, a Venezuela que é a maior reserva de petróleo do mundo. E o Brasil, com suas reservas minerais e aquíferas, quando será???? Vivemos uma época bem enevoada. O que será dos nossos filhos??? Netos???? Sempre os interesses econômicos e estratégicos militares a pressionar. Não basta a miséria espalhada pelo mundo fruto da exploração do capital? É preciso através das armas ampliar e solidificar o poderio imperial do Capital Financeiro. 

São dias sombrios. A Onu (?) ainda está a verificar a ocorrência de uso de arma química e quem a usou. Claro que vão culpar a Síria e seu governo.Nunca serão os mercenários financiados. Antes de quaisqur resultados já estão sendo deslocados os arsenais bélicos (aéreos e marítimos) para bombardear o pais sírio, gastando mísseis e alimentando a indústria bélica sedenta de sangue (e lucros!), com o argumento de "bombardeio humanitário". Assim foi no Vietnã com o uso de Napalm (arma química!?); também no Iraque, dizendo-se que haviam armas químicas e biológicas (onde???) sem obedecer os resultados da Onu que dizia não haver tais armamentos. Até fotos aéreas foram mostradas de Industrias e deslocamentos destes armamentos. E tudo era mentira!!! E a guerra continuada do Afeganistão, Iraque, Líbia, etc., até quando? E os interesses dos EUA ficam logo evidentes: Petróleo! Ainda não se tem explicações pelo lançamento de duas bombas atômicas pelos EUA sobre Hiroshima e Nagasaki após 3 meses de terminada a 2ª Guerra Mundial que matou mais de 200.000 japoneses. ERAM BOMBAS HUMANITÁRIAS!???

A notícia abaixo, de um aliado da Síria (Rússia), causa preocupação.Não pelo deslocamento, mas pela interrogação se os EUA e aliados seguirão com o plano belicista sabendo de que podem deflagar uma GUERRA com dimensões imprevisíveis. E os culpados serão sempre os mesmos: os que morreram lutando em defesa dos seus países, agora tidos como "terroristas" por defenderem suas pátrias! Não é assim! Assim não foi à época das ditaduras na América latina, inclusive no Brasil? Quem eram os "terroristas"? Onde se encontrava a Frota dos EUA no dia do golpe de 1964? Na costa brasileira para invadir-nos! Hoje sabe-se disso.

Triste mundo capitalista onde a vida é o que menos importa! O deus LUCRO está no altar sendo venerado! E como e com quais meios! O cheiro de pólvora e sangue rondam e pairam sobre a humanidade.
 
Hosannah Leite
 
 
Obs: Vide abaixo:
 
Rússia poderá atacar a Arábia Saudita caso Ocidente inicie bombardeio à Síria
 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Iau - cavalgada
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia