Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você daria um Título de Cidadão a Jair Bolsonaro?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 26.04.2014 08:44h
Petrobras

O Brasil precisa parar de sangrar óleo

 
Fruto da luta dos nacionalistas, a Petrobras foi criada em 1953 e, daí em diante, tornou-se orgulho nacional, exemplo de eficiência, sinônimo de alta tecnologia, farol sinalizador de crescimento econômico e da autoestima do povo brasileiro.
 
A nossa empresa petroleira tornou-se uma gigante: 12° maior no ranking mundial. Tinha no binômio eficiência x eficácia o norte administrativo.
 
A partir de 2003, no governo do presidente Lula, ocorreu o seu loteamento político, tudo para obtenção de apoio político no Congresso Nacional.
 
O ex-presidente Lula exerceu um mandato de deputado federal, não quis concorrer a reeleição, e saiu atirando: “No Congresso Nacional tem cerca de 300 picaretas”. Deve ter sido, justo para aqueles, que distribuiu os cargos da petroleira.
 
Somou-se ao loteamento político, fato gerador de corrupção que lá se instalou, o fracasso da política econômica do PT. Na tentativa de mascarar a inflação, adotou a prática de não corrigir os preços da gasolina e do óleo diesel, impondo à Petrobras e a seus acionistas prejuízos continuados.
 
Seguindo esse rastro, o governo do PT, tendo à frente os presidentes Lula e Dilma, entregou a Petrobras para ser manietada por uma quadrilha, composta por amigos e companheiros dos presidentes, deputados e senadores do PT e partidos aliados, doleiro e etc..., que, segundo operação encetada pela Polícia Federal, desviou cerca de US$ 10 bilhões.
 
Engendraram, então, novo destino para a nossa petroleira, transformada em enorme teta para alimentar a sagacidade de políticos corruptos da ocasião.
 
Era Lula o presidente do Brasil quando Pasadena foi comprada, e não pode ser poupado. Foi Lula que nomeou o amigo Luiz Sérgio Gabrielli presidente da Petrobras e Dilma Rousseff como ministra da Casa Civil. Estavam nomeados os manilongos. Ele presidente da Petrobras e ela presidente do conselho. Juntos autorizaram a compra da refinaria do Texas, Pasadena, junto a um grupo belga, por US$ 1,2 bilhão, sendo que o seu valor de mercado não ultrapassava U$$ 200 milhões. Assim a empresa “orgulho nacional”superou um prejuízo de U$$ 1 bilhão, somente em uma transação.
 
Despencou a Petrobras para o 120° lugar no ranking das grandes.
 
Os jovens da minha geração viam a possibilidade de ingresso nos quadros da multicitada empresa a segurança de uma carreira exitosa. Os governos do PT destruíram o sonho dos nacionalistas e a esperança de tantas gerações de jovens.
 
A nossa mais importante marca desvalorizada. Nossa autoestima ao lixo. Nossas reservas ao ralo. E o PT agarra-se ao poder para continuar sugando nosso sangue através da corrupção em terra, céu e mar. Agora nos faz sangrar óleo e vergonha.
 
O dia que livrarmos a Petrobras destas pragas, em pouco tempo, voltará a brilhar majestosa.
 
Deputado estadual Targino Machado
 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Iau - cavalgada
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia