Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Crianças entre 5 e 11 anos devem tomar vacina contra covid-19?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 16.02.2017 10:02h
Prado

Funcionário municipal é acusado de cobrar por fora

 

O funcionário da Prefeitura do Prado, Jesseir Costa Almeida, o “Deike” (foto dir.), foi afastado de suas funções por decisão do juiz Leonardo Coelho, que atendeu ao pedido formulado pelo Ministério Público Estadual (MPE). O servidor da prefeita Maira Brito (PP - foto esq.) foi notificado na manhã de segunda (13) por denúncias de vendedoras ambulantes sobre "Deike", nos dias 25 e 26 de janeiro, ter exigido o valor de R$ 400, a serem pagos em mãos, para que pudessem vender farofa na Praia do Prado. Foi prometido ainda, pelo servidor, a expedição de um recibo.

Na decisão, o juiz deixa claro que a permanência do servidor em seu local de trabalho poderia atrapalhar a produção de provas necessárias para a convicção do ato. O promotor Moisés Guarnieri dos Santos destaca que, além da escancarada afronta à ordem legal e a ”descarada violação da impessoalidade”, “Deike” é citado em outros procedimentos de apuração de atos semelhantes, nos quais também é acusado de recebimento de valores.

O titular da comarca do Prado determinou multa diária de R$ 1 mil, valor a ser cobrado da administração da prefeita Maira Brito, em caso de descumprimento do afastamento, pois a atuação do agente público deve-se pautar pela busca do interesse da coletividade, não visando a beneficiar ou prejudicar ninguém. Até a tarde de quarta (15), a prefeita Maira Brito (PP) não havia comentado o afastamento do seu funcionário, tampouco a denúncia de arrecadação de propina de “Deike”. (Informações: Ronildo Brito/Teixeira News)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Site Bahia na Poltica 2022
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia