Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Lula preso, você acredita que ele é inocente?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 20.04.2017 06:38h
Chefe da SMT

Ronny: "Mauricio Carvalho passa mais tempo no escritório da herbalife do que no setor de trabalho"

 

Depois de críticas aos secretários que não atendem vereadores, o vereador Ronny (PHS-foto) disse ontem que o chefe da SMT – Superintendência Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, passa mais tempo no escritório da herbalife, do que no setor de trabalho. (Framário Mendes)

 

 
Comente Ler Comentário (1)
 
 

Comentários:

 
Pinheiro escreveu:
A Superintendência Municipal de Transito de Feira só vai ser um Órgão de utilidade pública, verdadeiramente falando, quando os Prefeitos deixarem de nomear apadrinhados políticos para o cargo de superintendente. A SMT deve ser gerida por engenheiro de tráfego, uma pessoa que tenha competência técnica para o cargo. Um elemento que saiba justificar as mudanças, porventura, introduzidas, de forma técnica. Desde que foi criada, eu nunca ví um elemento, tecnicamente preparado, dirigir a SMT. Quem chegar na vizinha Aracaju-SE, uma cidade de porte próximo de Feira de Santana, percebe incríveis diferenças de organização do trânsito, diferentemente dos absurdos que se vê em Feira, fruto da incompetência técnica e da subserviência política dos Gestores da SMT. Por exemplo, em qualquer lugar em Feira é implantado um quebra mola, muitas das vezes até pelo próprio morador, que se incomodado com o movimento dos carros! E que faz a SMT? nada! simplesmente deixa! É raríssimo ver um quebra mola em Aracaju, nas grandes Avenidas. Aqui, é Fraga Maia,José Falcão, Cel José Pinto, Papa João XXIII etc. etc. Na Senador Quintino, é tamanho o absurdo que tem um quebra mola embaixo do semáforo do cruzamento com a Senhor dos Passos e nenhum técnico consegue ver! É isso. Feira quer ser grande e desenvolvida sem olhar para os bons exemplos de governança que existem em cidades de mesmo porte nosso. Vai uma dica para nosso Prefeito José Ronaldo, a quem eu tiro o chapéu pela sua dedicação á nossa cidade. Mas neste item, também vem pecando de há muito tempo! Abraço
 
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


União Médica

 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Festa de Ipuau
 
Cavalgada de Antonio Cardoso
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2018

2017

2016

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia