Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você já tem seu candidato para presidência da República?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 16.04.2018 09:26h
Eleições 2018

Rui prega humildade e ritmo intenso no trabalho

 

Depois de o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), desistir de disputar o governo da Bahia, o governador Rui Costa (PT - foto) preferiu conter qualquer euforia que apareça dando sua vitória como certa. Em entrevista exclusiva à Tribuna, o petista baiano pregou a humildade e disse que vai trabalhar para “ganhar e ganhar bem” o pleito. “[Vou encarar a eleição] com muita humildade e trabalho. São os dois pilares básicos de quem quer ganhar uma eleição: trabalhar muito e ter muita humildade. Assim que eu vou continuar fazendo.

Trabalhando bastante. Minha agenda continua a mesma. Como vocês podem observar, eu não mudei nada na minha agenda. [...] Nós vamos trabalhar bastante, com muita humildade, com muito respeito, para ganhar a eleição e ganhar bem”, frisou. Ainda na entrevista, Rui Costa falou sobre o governo do presidente Michel Temer (MDB), que chamou de “desastroso”, da eventual candidatura do ex-governador Jaques Wagner (PT) ao Palácio do Planalto, e rebateu as críticas da oposição sobre priorizar Salvador em detrimento do interior e de falhas na segurança pública. “As críticas da oposição fazem parte do processo político e da eleição que se aproxima. Muito bom conviver e respeitar a oposição, mas não é verdade”, pontuou. (Trbn) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


União Médica

 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Look Pessquisas
 
Radialista Dimiclei
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2018

2017

2016

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia