Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que o Brasil será campeão mundial de futebol?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 13.06.2018 09:31h
"É ficha limpa"

Lúcio diz se "incomodar" com acusação contra mãe e defende Geddel

 

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB -foto) disse, na manhã de hoje (13), que se “incomoda” com as acusações contra a mãe, Marluce Vieira Lima. Eles e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) viraram réus por decisão do Supremo Tribunal Federal no escândalo das malas.

“Quem conhece dona Marluce com toda certeza não acredita nisso. Uma senhora de 80 anos, que praticamente não se locomove, vai poder cometer qualquer coisa? Me perdoe. […] O que me incomoda mais é envolver minha mãe nisso. Vou para cima. Minha mãe é uma guerreira. A orientação que ela dá, como mãe, é: 'siga em frente. Vocês sabem quem são, continuem me dando orgulho’. Quem quiser que acredite”, afirmou o emedebista.

Lúcio defendeu, ainda, o irmão, que está preso na Papuda, em Brasília. “Em tese, ele é ficha limpa, porque não foi condenado. Temos que aguardar”, pontuou. "Geddel está explicando o que tem que explicar nos autos do processo. Isso faz parte de qualquer julgamento", considerou. (Metro1)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


União Médica

 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2018

2017

2016

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia