Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você é a favor da terceira dose de vacina contra a covid - 19?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.06.2018 15:30h
Advogados ameaçados de morte

OAB-BA pede a SSP para investigar lista com nome de advogados ameaçados por facção

 

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA) já pediu providências da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) para que investigue uma lista de nomes de advogados ameaçados, em Feira de Santana, que viralizou nos redes sociais nesta sexta-feira (29). De acordo com a assessoria da OAB, ainda é preciso cautela com a divulgação das informações para saber a veracidade da lista, e, se confirmando, sobre a sinalização de incitação de crimes contra vida e supostos atos praticados por advogados contra clientes. (Foto: advogada Sílvia Silva assassinada 26/06 em Feira de Santana).

Na mensagem viralizada, a organização criminosa PCC, aliada a facção Bonde do Maluco (BDM), diz que o assassinato da advogada Sílvia Silva, ocorrido na última terça-feira (26), foi o primeiro de vários. O comunicado diz que vários advogados baianos estavam mal acostumados a pegar o dinheiro de seus clientes e nada fazer em seus processos. A organização, segundo o texto, oferece o pagamento de R$ 3 mil a R$ 10 mil para cada assassinato de advogado, de diversas cidades da Bahia, inclusive, de Salvador. (BN). 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Genesio Serafim - Loja de vete
 
Lindiomar - Cerveja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2021

2020

2019

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia