Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você é a favor da terceira dose de vacina contra a covid - 19?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.06.2018 16:10h
empresas devedoras

Inadimplência das empresas tem maior alta em 20 meses, diz SPC

 

O número de empresas inadimplentes cresceu 9,37% em maio em relação a igual mês de 2017, segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Esse é o maior crescimento para o indicador nessa base de comparação desde setembro de 2016 (9,61%). Em relação a abril, sem ajuste sazonal, a alta da inadimplência das empresas foi de 0,73%. (Foto ilustração).

Por regiões, o avanço da inadimplência entre pessoas jurídicas foi maior no Sudeste, com crescimento de 16,54% em maio, na comparação anual, seguido pelo Sul (4,92%), Centro-Oeste (3,80%), Nordeste (2,94%) e Norte (2,10%).

A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, explica que, até o fim do ano passado, vigorava uma lei no Estado de São Paulo que condicionava qualquer negativação de CNPJ ao envio de uma correspondência com aviso de recebimento. Como esse envio era mais caro do que uma carta simples, algumas empresas deixavam de registrar casos de inadimplência.

“Quando a lei foi derrubada, os registros passaram a ser inseridos na lista de devedores de forma mais abrupta, causando um crescimento acentuado do indicador nessa região”, afirma, em comunicado.

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Genesio Serafim - Loja de vete
 
Lindiomar - Cerveja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2021

2020

2019

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia