Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a reforma da Previdência será aprovada como está?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 11.01.2019 10:40h
Salvador

Diretores de colégio fazem ato na Governadoria contra proposta de Rui Costa

 

Um ato é realizado, na manhã desta sexta-feira (11), por diretores e vices de colégios da rede estadual contra uma proposta do governador Rui Costa (PT). O protesto acontece na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. (Foto ilustração).

O chefe do Palácio de Ondina quer que os diretores e vices tenham dedicação exclusiva. Nesta quinta-feira (10), Rui defendeu a medida e afirmou que “não fica sensibilizado” com o protesto dos manifestantes. Segundo ele, os diretores e vices recebem R$ 8 mil e precisam se dedicar unicamente às funções.

“Infelizmente, nós constatamos que alguns diretores de escolas em Salvador ensinam durante o dia em Catu, São Francisco, em Candeias. Não consigo estar sensibilizado [com o pleito da APLB-Sindicaato]. Me desculpe. Fico indignado com isso. Quer usar a jornada de trabalho do dia para viajar para outro município e receber como diretor de escola. Pergunta ao povo se acha isso correto. É assim que vamos melhorar a educação?”, indagou, (BN). 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia