Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que Jair Bolsonaro irá aprovar a reforma da Previdência?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 11.01.2019 12:00h
Pesquisa Datafolha

41% dos brasileiros são contra qualquer tipo de aborto

 

Uma pesquisa do Datafolha, que foi divulgada na última quinta-feira (10), mostra que 41% dos brasileiros são totalmente contrários a qualquer tipo de aborto e que a prática deveria ser proibida, mesmo em caso de estupro ou risco para a mãe. (Foto ilustração).

Para 34% dos entrevistados o aborto deveria continuar como é hoje, ou seja, permitido em três situações: quando a gravidez é resultado de estupro; quando há risco de vida para a mulher; se o feto for anencéfalo.

O levantamento revela ainda que 16% acredita que deve ser permitido em mais situações. Apenas 6% defendeu a liberação em qualquer situação, 2% não sabe e 1% deu outras respostas.

O Datafolha perguntou ainda se os entrevistados concordavam que mulheres estupradas que engravidam deveriam receber ajuda financeira para ter o filho, e 51% responderam que não. Outros 46% concordaram.

O levantamento foi realizado pelo Datafolha entre os dias 18 e 19 de dezembro, e ouviu 2.077 pessoas com 16 anos ou mais em 130 cidades de todas as regiões do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos. O nível de confiança é de 95%. (bahia.ba).

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


União Médica

 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
CARLITO DO PEIXE
 
FABIANO DA VAN
 
PASTOR ANTNIO LIMA
 
LUCIANO SOARES
 
SINART
 
DEIBSON CAVALCANTI
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia