Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a reforma da Previdência será aprovada como está?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 12.01.2019 10:40h
Serra Preta

Justiça não acata pedido de suspensão de CPI

 

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Gustavo Hungria, negou pedido de liminar que pretendia suspender a CPI instalada pela Câmara de Vereadores para apurar irregularidades na Prefeitura de Serra Preta. A decisão foi publicada na quinta-feira, 10. (Foto ilustração).

O mandado de segurança, com este pedido, foi impetrado pelo prefeito Rogério Serafim Vieira de Souza contra a Câmara de Vereadores e o presidente, Gilmar Costa de Figueiredo.

O prefeito Rogério Serafim quer a anulação da portaria nº 01, de 23 de novembro de 2018. Ela instala a Comissão Parlamentar de Inquérito que visa apurar denúncia de pagamento de servidores sem a devida contraprestação de serviços; pagamento ilegal a servidores com recursos do Fundeb 60%, além da execução do contrato celebrado pelo município de Serra Preta com a empresa FBC Comércio e Serviços Ltda., no valor de R$ 115.053,89.

Com esta decisão ficam mantidos os prazos e procedimentos já iniciados pela CPI. (Fabrício Almeida).

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia