Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

O Brasil deve receber ajuda internacional para o combate a incêndio na região amazônica?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 23.02.2019 09:50h
Feira de Santana

Colbert Filho elogia atuação de instituições que representam Sistema S em Feira

 

“São organizações que contribuem significativamente, há décadas, com o desenvolvimento técnico, profissionalizante e social de Feira de Santana”. A afirmação é do prefeito Colbert Martins Filho sobre a importância de instituições como o Sesi, Senai, Sebrae, Sest, Senat, entre outras, integrantes do denominado “Sistema S”, com unidades neste município. (Foto ilustração).

O prefeito feirense diz que reconhece a “importância fundamental” destes órgãos e pede que a sociedade civil lhes dê “todo o apoio necessário”, em vista da longa folha de serviços prestados, por décadas, neste município. Colbert observa que a estrutura regional é disponibilizada em Feira de Santana, mas os benefícios proporcionados por esses organismos alcançam a população de uma extensa região.

Particularmente em Feira de Santana, assinala o prefeito, “somos testemunhas, do trabalho realizado”. A mais antiga das organizações que integram o Sistema S em Feira de Santana, o Sesi, que já ultrapassa os 60 anos de implantado no município, foi ampliada recentemente, aumentando a sua capacidade de atendimento aos trabalhadores da indústria e seus familiares.

O Senai, localizado às margens da avenida Eduardo Froes da Motta, também teve as suas instalações físicas redimensionadas e após uma ampla reforma, o órgão, que está presente em Feira de Santana há 50 anos, passa a acolher um número ainda maior de cidadãos, especialmente jovens em busca de formação profissionalizante e do seu primeiro emprego.

Colbert observa que esses centros de formação e capacitação profissional integrantes do Sistema S em Feira de Santana proporcionam também qualificação na atividade rural (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar), nos transportes (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte - Senat) e no comércio (Serviço Nacional do Comércio – Sesc), além de apoio técnico e econômico ao empreendedorismo (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae). (Secom/Fsa). 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Iau - cavalgada
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia