Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

O Brasil deve receber ajuda internacional para o combate a incêndio na região amazônica?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 25.02.2019 09:45h
Interferência no Poder Legislativo

Petição que tramita no Senado pede perda de funções de Dias Toffoli

 

Uma petição, de autoria do advogado baiano Henrique Luiz Lopes Quintanilha, com 3200 assinaturas, responsabiliza o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli (foto ilustração) por “ter invadido” a competência do Senado e anular a manobra do plenário pelo voto aberto na eleição para presidência da Casa, determinando que a votação fosse secreta.

O documento pede a perda das funções de Dias Toffoli.

Quintanilha afirmou que o Senado já acolheu a petição e enviou para a advocacia da Casa para dar parecer.

“Essa petição, que já tem número, a número 4, de 2019, já foi para o gabinete do presidente Davi Alcolumbre. Fiz uma petição bem objetiva, à risca. Temos quase quatro mil assinaturas de advogados e não advogados. É a única petição ativa sobre o assunto, não podemos deixar isso morrer”, ressaltou.

Em sua decisão, Toffoli afirmou que a atuação do Legislativo deve ser resguardada de qualquer influência externa, especialmente de interferências entre poderes.

“De fato, conquanto se possa abordar a necessidade de transparência da atuação do parlamentar frente a seus eleitores, de outro lado não se pode descurar da necessária independência de atuação do Poder Legislativo face aos demais Poderes, em especial pela relação de complementariedade dos trabalhos”, explicou o ministro à época. (bahia.ba).

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Iau - cavalgada
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia