Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você daria um Título de Cidadão a Jair Bolsonaro?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 26.03.2019 06:59h
Por Eliel Paiva Pitombo

As eleições de 2020 estão literalmente na ponta dos dedos

 

Transformações sociais acontecem continuamente, porém, nas últimas décadas, a velocidade com que as coisas mudam cresceu exponencialmente. Mudam da noite para o dia os recursos de tecnologia e muda também o comportamento social com a mesma rapidez, com modismos e tendências alternando-se e substituindo-se em grande velocidade.

Por volta do final do século passado, especialistas em comunicação previam que em menos de 20 anos a internet seria a principal ferramenta de comunicação pessoal, empresarial e –principalmente- eleitoral. Isso tornou-se uma realidade irreversível já em 2016 com a campanha eleitoral de Donald Trump, nos Estados Unidos.

No Brasil, em 2018, com um tempo mínimo disponível no horário eleitoral gratuito de televisão e rádio, Jair Bolsonaro optou por seguir o caminho aberto por Trump e concentrou sua comunicação na internet através das redes sociais, onde o tempo é ilimitado e confirmou as apostas na força que a internet teria para impulsionar um nome pouco conhecido como candidato ao maior cargo eletivo do País, quase elegendo-se já no 1° turno.

Assim, a internet chegou para transformar também a realidade das campanhas eleitorais. Porém é fundamental -para trilhar caminhos seguros na rede e evitar tropeços fatais a uma candidatura ou pré-candidatura- que potenciais candidatos conheçam o essencial dessas transformações.

2020: o que funcionou para o presidente também funciona para vereadores ou prefeitos e não somente funciona como é mais eficaz e barato. Candidatos a vereador e prefeito -cargos a serem preenchidos nas próximas eleições- atuam em limites geográficos muito limitados, os dos seus municípios e dentro destes mesmos limites estão os seus eleitores.

No Brasil, existem mais de 50 mil vereadores e 5.570 prefeitos. Para se tornar um deles é preciso que boas campanhas possam ser realizadas principalmente fora das chamadas velhas mídias (rádio e TV) e estejam constantemente presentes na nova mídia, que é a internet, onde milhões de pessoas costumam interagir através dos sites e das redes sociais.

O chamado “corpo-a-corpo”, a presença do candidato nos seus principais redutos eleitorais com os tradicionais “santinhos” e adesivos, continua sendo fundamental, porém, as redes sociais e as mídias digitais, tem o poder de colocar o candidato 24 horas por dia junto ao seu eleitorado.

O que frequentemente muitos candidatos têm feito é utilizar perfis permanentes nas mídias sociais para conseguir criar uma presença digital forte e assim, mais votos em períodos eleitorais, a fim de garantir um espaço na política municipal brasileira.

Essa estratégia é bastante interessante, diferentemente das características dos redutos eleitorais, em que dificilmente um candidato invade o espaço político do outro. Os sites de redes sociais são ferramentas estratégicas, porque rompem com o espaço e com o tempo dando ao candidato mais capacidade de influenciar mais pessoas, em mais lugares e em menos tempo.

Nas redes sociais o fluxo informacional não se restringe a alguns segundos ou minutos. Candidatos que tenham perfis em mídias sociais como Facebook, WhatsApp, Instagram, Twitter, YouTube, Google+ etc. estão mais expostos aos utilizadores das redes, podendo divulgar o tempo todo e com maior possibilidade de visibilidade suas ideais sem que se sintam limitados pelo tempo, contando ainda com o recurso de ser possível ao eleitor, rever quantas vezes desejar, qualquer material postado.

Os sites de redes sociais são campos que, se bem articulados dentro da agenda política do candidato, podem lhe proporcionar elevados índices de votos mesmo antes do período eleitoral. Para tanto, o linguajar deve ser estruturado de modo a se compatibilizar com a esfera específica da rede digital, para que as pessoas possam entendê-los, já que internautas, a depender das faixas etárias, possuem as suas preferencias por este ou aquele aplicativo de troca de mensagens.

Ficar atento às demandas da sociedade em rede e ser proativo em relação a elas é outro aspecto importante para quem deseja se tornar visível nos sites de redes sociais, já que muitas vezes o que faz com que um candidato seja muito mencionado são suas ações e presença sociais.

Sem dúvida alguma, o candidato que souber utilizar bem as redes sociais, nas Eleições de 2020, terá muito mais chances de se eleger Vereador ou Prefeito em seu município. Para isso ele, entretanto deverá recorrer a uma prática antiga e que jamais deixará de existir, seja qual for a tecnologia: estar assessorado por gente que sabe o que está fazendo.

*Eliel Paiva Pitombo (eliel@agenciaok.com), publicitário e radialista, diretor da Agencia Ok Propaganda (http://agenciaok.com/).

 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Iau - cavalgada
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia