Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a reforma da Previdência será aprovada como está?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 13.04.2019 07:00h
Agronegócio - Café

Café arábica testa mínimas históricas em NY, mas encerra sessão desta 6ª com leve alta

 

As cotações futuras do café arábica encerraram esta sexta-feira (12) com leves altas na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado oscilou dos dois lados da tabela no dia, mas acabou prevalecendo a valorização em ajustes e com dados de oferta menos otimistas. (Foto ilustração)

O vencimento maio/19 encerrou o dia com alta de 15 pontos, a 90,40 cents/lb e o julho/19 anotou 92,95 cents/lb com 25 pontos de ganhos. O setembro/19 anotou 95,55 cents/lb com 25 pontos positivos e o dezembro/19 registrou 99,45 cents/lb com 20 pontos de ganhos.

Acompanhando as informações de ampla oferta do grão, o mercado na ICE oscilou entre mínima de 89,33 e máxima de 91,15 cents/lb. Segundo agências, depois da queda de mais de 400 pontos na véspera, a maior percentual diária desde o final de novembro, ajustes foram vistos.

Além disso, novas informações sobre a oferta global também passaram a repercutir sobre os preços. "... A Marex Spectron prevê que o mercado global em 2019/20 entrará terá déficit de 1,6 milhão de sacas após excedente de 8 milhões em 2018/19", destacou o Barchart.

Apesar da alta, operadores continuam acompanhando o desenvolvimento a safra brasileira. "A colheita no Brasil está se aproximando. As ideias são de produção de 62 ou 63 de sacas em 2018/19 e de 52 milhões de sacas na temporada atual", disse o vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville.

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia