Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 23.04.2019 13:10h
"Esvaziamento do guru"

Ministros dizem que Olavo age para "desunir" militares e veem na reação de Bolsonaro

 

Ministros do governo Jair Bolsonaro ouvidos pelo blog chamaram as críticas de Olavo de Carvalho ao vice-presidente, Hamilton Mourão, de "tentativa de desunir" os militares que ocupam cargos no Planalto. (Foto ilustração: Bolsonaro, Olavo de Carvalho e Mourão)

Um interlocutor do presidente disse à reportagem nesta terça-feira (23) que Mourão tem "elogiado o presidente" sempre que participa de palestras e eventos, exatamente tomando "cuidado" de não criar cizânias.

As repetidas críticas de Olavo de Carvalho, na avaliação de governistas, "passaram dos limites" nos últimos dias, mas geraram um fato positivo: a reação de Bolsonaro para “esvaziar”, nas palavras de um auxiliar do presidente, o “guru” Olavo de Carvalho, que atua como espécie de conselheiro e tem canal direto com os filhos de Bolsonaro – principalmente com o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Após a reação do presidente, aliados do governo esperam que tenha sido um “recado” para que a influência do guru diminua, afastando-o de decisões importantes, como nomeações para cargos estratégicos, além de evitar crises criadas pelo núcleo olavista contra a ala militar no governo. (Andréia Sadi G1)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia