Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você daria um Título de Cidadão a Jair Bolsonaro?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.06.2019 12:50h
Feira de Santana

Autêntico forró predomina na última noite do São Pedro de Jaíba

 

Para quem aprecia o autêntico forró pé de serra, o distrito de Jaíba foi o destino certo na noite deste sábado, 29, no último dia dos festejos de São Pedro na localidade. O autêntico ritmo nordestino predominou no estilo e repertório das atrações que se apresentaram no palco montado na praça principal. (Foto ilustração)

O arrasta-pé foi aberto pelo cantor Jota Sobrinho, um dos nomes mais representativos do autêntico forró na Bahia. Jota relembrou grandes sucessos do forró tradicional e botou o público para arrastar a chinela. Cantando sucessos de Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Flavio José, Sobrinho ressaltou a importância de manter as tradições e da valorização porte da Prefeitura de Feira de Santana, para com os artistas da terra.

“Fico feliz em ver que o prefeito Colbert Martins está valorizando os artistas da terra e os que tocam e cantam o autêntico Forró Pé de Serra. Com isso ele mantem viva uma tradição que não pode ser esquecida pelos gestores, nem tampouco para povo”, ressaltou o cantor.

Em seguida o arraiá foi animado pelo som irreverente e contagiante da banda Sarakura. Logo após veio o Trio Nordestino, que levou para o palco 61 anos de história e também sucessos dos seus últimos discos, incluindo o álbum que faz homenagem ao Nordeste. (Secom/Fsa) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Iau - cavalgada
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia