Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 01.08.2019 08:30h
Descontos indevidos

Deputado diz que o RH Bahia representa caos na vida do funcionalismo estadual

 

No último dia útil de cada mês, quase sempre, o funcionalismo público estadual recebe seu salário. Membro da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o deputado Hilton Coelho (PSOL) fez críticas ao RH Bahia e acusa o sistema de levar caos à vida dos servidores. “Vendido como sistema de recursos humanos eficiente e que ajudaria a cortar custos, o RH Bahia vem sendo um terror para os servidores do Estado da Bahia. Com investimento milionário, o governo do Estado perdeu o total controle da folha de pagamento, todas as secretarias estão de mãos atadas e não sabem como resolver os problemas gerados pelo RH Bahia”. (Foto ilustração)
 

O parlamentar detalha que “a folha da Secretaria de Educação apresentou erros ao longo desses sete meses do novo sistema de RH. Nosso mandato tem recebido queixas diárias de professores das Universidades Estaduais e da rede básica de ensino, em especial. Desde a implantação do RH Bahia, os servidores da Educação relatam erros como descontos na contribuição ao Planserv, falta de pagamento dos auxílios transporte e alimentação; retiradas da Gratificação do Difícil Acesso; retirada de parte do tempo de serviço e de tempo averbado, falta de pagamento da regência de classe; faltas indevidas; contracheques zerados e, agora em julho (31), descontos indevidos na remuneração de quase todos os vice-diretores das escolas estaduais”.
 

Hilton Coelho conclui afirmando que acionará na ALBA solicitação ao governador Rui Costa (PT) para que informe o que fato está ocorrendo. “É uma vergonha o que está acontecendo. A vida das pessoas sendo prejudicadas por erros constantes que até parece uma prática de parcelamento de salários. Será que o governador está fazendo economia, fazendo caixa, com o salário dos servidores? A desculpa é sempre a mesma, problemas na fase de implantação e que as inconsistências serão sanadas, mas na prática os servidores demoram meses para ter o dinheiro de volta. Acionaremos também o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado solicitando que fiscalizem a folha de pagamento do estado e o contrato milionário do RH Bahia. Reafirmamos que nosso mandato se coloca à disposição das servidoras e servidores para denunciar essas irregularidades”. (Ascom)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia