Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

O STF acertou ao impedir prisão em segunda instancia?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 26.08.2019 06:00h
Preso com 39 kg de cocaína

Sargento da FAB preso por tráfico de drogas continua incomunicável na Espanha

 

Há exatos dois meses, no dia 25 de junho deste ano, o sargento Manoel Silva Rodrigues era preso com 39 kg de cocaína, ao desembarcar em Sevilla, na Espanha, a bordo de um avião reserva da Força Aérea Brasileira (FAB) que fazia parte de comitiva do presidente Jair Bolsonaro. Até hoje, a Aeronáutica e Polícia Federal aguardam o aval da Justiça espanhola para ouvir o militar. (Foto ilustração)

Enquanto isso, a equipe da FAB que apura o caso está ouvindo outras pessoas que já viajaram com o sargento. Está sendo avaliado até mesmo se ele transferiu patrimônio a parentes e amigos. Desde 2015, Rodrigues fez pelo menos 29 viagens oficiais, e em uma delas estava no grupo de militares que seguiram Bolsonaro de Brasília a São Paulo, em fevereiro deste ano.

Durante o recesso de julho do Judiciário, o presidente em exercício do Superior Tribunal Militar (STM) , ministro José Barroso Filho, negou pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do segundo sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues.


O advogado do sargento, Carlos Alexandre Klomfahs, pediu a soltura de Rodrigues sob alegação de que o sargento é vítima de “constrangimento ilegal”. Ele diz que não teve acesso ao Inquérito Policial Militar (IPM) aberto pela Força Aérea Brasileira (FAB) para apurar o caso. (direitoglobal.com.br/DP)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
LADO A LADO COM VOC
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2019

2018

2017

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia