Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 27.08.2019 08:55h
Cachoeira

"A Educação é uma coisa cara, " disse coordenadora do NTE-21 para justificar fechamento de escola

 

A coordenadora do NTE-21 (Núcleo Territorial de Educação), responsável pela Rede Estadual de Ensino de cidades do Recôncavo Baiano, professora Patrícia D’Ávila  disse que "a educação é uma coisa cara". Segundo o vereador de Cachoeira, Josmar Barbosa, essa foi a justificativa dela para o fechamento do Colégio Antônio Joaquim Correia, localizado no distrito de Capoeiruçu, em Cachoeira. (Foto ilustração: professora Patrícia D’Ávila e o vereador Josmar Barbosa)

"Fiquei triste quando eu ouvi a representante do NTE dizer que educação é uma coisa cara. Educação não é uma coisa cara - é um investimento alto que tem um retorno incalculável. Enquanto nós tivermos gestores que entendam que educação é uma coisa cara, vai se continuar dando merenda, biscoitos às crianças," disse o vereador fazendo referência a merenda dada por escolas da rede municipal de Cachoeira.

"A gente precisa enxergar a educação como prioridade, como alicerce - pilar basilar de qualquer sociedade. Não existe médico, não existe engenheiro, não existe advogado se não houver professor, precisamos entender e valorizar a importância da educação. Todos os países que saíram de situações emergenciais e passaram a ser grandes potências foram países que investiram, não gastaram, investiram em educação. Infelizmente hoje a gente ainda ouve pessoas que representam a educação em nosso estado dizer que educação é custo e é caro," declarou Josmar.

A coordenadora do NTE participou de uma reunião no Colégio Antônio Joaquim Correia, nesta segunda (26/08), a pedido da comunidade escolar, vereadores e moradores do distrito, pois, a Secretaria de Educação do Estado pretende fechar a unidade de ensino.

Ainda segundo Josmar Barbosa, a coordenadora informou que para a escola continuar funcionando precisa ter no mínimo 300 estudantes matriculados. (diariodanoticia)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia