Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.08.2019 08:14h
Salvador

Câmara aprova regulamentação do transporte por aplicativos

 
Foto Reprodução

Depois de vários dias de tensão, motoristas de aplicativos e taxistas comemoraram, no início da noite desta quarta-feira (28), a aprovação quase unânime do PLE 258/18, do Executivo, que regulamenta o sistema de transporte privado e remunerado de passageiros. Apenas o líder do governo, vereador Paulo Magalhães Júnior (PV), votou contra o projeto que recebeu cerca de 70 emendas, e Cezar Leite (PSDB) se absteve de votar com o argumento de que a regulamentação não deveria legislar sobre os taxistas.

Para sanar dúvidas em relação à posição dos vereadores sobre a questão da limitação do número de motoristas no STIP, o presidente da Câmara, Geraldo Júnior (SD), consultou cada um dos colegas, provando que apenas o líder da bancada do prefeito defendia a limitação. “Tentaram passar para a sociedade uma imagem distorcida desta Casa. Construímos essa legislação com a participação dos profissionais envolvidos, buscando a melhor regulamentação para a cidade”, frisou.

Geraldo Júnior fez questão de cobrar do Executivo, após a aprovação do projeto, o envio de nova proposição ao Legislativo, desta vez regulamentando o sistema de táxi, para dar uma condição equânime aos segmentos. 

O projeto, que tramitou durante um ano na Casa, foi aprovado com a absorção de mais de 70 emendas pela relatora na CCJ, vereadora Lorena Brandão (PSC), grande parte delas oriunda de discussões com as categorias. Citou, como exemplo, a proibição dos carros de aplicativo concorrer com transporte escolar, não sendo permitido conduzir crianças desacompanhadas. (CMS/ Foto Reprodução)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia