Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.08.2019 09:00h
Brasil

Bolsonaro indica Walter de Agra Jr para recondução ao cargo de procurador do Cade

 
Foto: Dida Sampaio/Estadão

O presidente Jair Bolsonaro decidiu alterar a indicação que havia feito na última sexta-feira, 23, para a procuradoria do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Em despacho publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 29, o presidente indica o nome de Walter de Agra Júnior para ser reconduzido ao cargo de procurador-chefe do Cade. Na semana passada, ele havia indicado para a procuradoria o nome de Lenisa Rodrigues Prado. Em um novo despacho publicado nesta quinta, a Presidência anula essa mensagem de indicação feita no dia 23 e encaminha ao Senado, para apreciação, o nome de Lenisa Prado para exercer o cargo de conselheira do Cade.

Na última sexta, o presidente já havia indicado outros três nomes para o conselho do Cade. Foram indicados: Luiz Augusto Azevedo de Almeida Hoffmann, Luiz Henrique Bertolino Braido e Sérgio Costa Ravagnani. Responsável pela análise de fusões de empresas e pelo julgamento de infrações como a prática de cartéis, o Cade está com quatro cadeiras de seu tribunal vagas e não tem quórum para realizar sessões de julgamento. Apesar das indicações para as vagas, os nomes têm que ser aprovados pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado e ainda pelo plenário da Casa. (Estadão Conteúdo/ Foto: Dida Sampaio/Estadão)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia