Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.11.2019 07:40h
Lauro de Freitas

Comunidade quilombola denuncia assédio do Governo do Estado

 

Na manhã desta quinta-feira, 28, a comunidade do Quilombo de Quingoma, em Lauro de Freitas, foi vítima de atos de assédio e violência moral praticados pelo governo estadual. Lideranças quilombolas relataram ao deputado Hilton Coelho (PSOL), membro da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa, que prepostos do governo estadual ingressaram no território da Associação Agrícola Quilombola com uma retroescavadeira, sem qualquer autorização, e começaram a escavar buracos na área, suprimindo material de uma área que se pretende construir uma escola para os quilombolas. (Foto ilustração)

Um representante do Estado, que não se identificou, estava em um automóvel Renault Sandero cinza, placa PYO 9230, e apenas informou que estavam na comunidade para retirar amostras de terras, pois o governo estadual avalia a possibilidade de usar a terra da região para realização de obras. A comunidade se organizou e impediu a continuidade da ação.

“Trata-se de mais uma violação contra o território da comunidade, promovido por representantes do Estado. A liderança, Ana Lúcia Silva, informa que a comunidade está disposta a reagir aos ataques governamentais e de grileiros. Desde 2013 acompanhamos o processo de regularização da área e auxiliamos no combate à violência. Tais violências são mais um capítulo na história constante assédio e violência contra o Quilombo de Quingoma, em sua luta pela demarcação de seu território”, relata Hilton Coelho. (Ascom)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia