Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que haverá segundo turno para presidente no Brasil em 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.04.2020 08:31h
Sudoeste baiano

Vereadora Ilka Abreu quer prorrogação do IPTU em Brumado por conta do coronavírus

 
Foto Lay Amorim

A vereadora Ilka Abreu (DEM) apresentou um projeto de lei na Câmara Municipal de Brumado para a prorrogação por até noventa dias do vencimento da cota única ou parcelas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2020, em função dos impactos da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus. De acordo com o projeto, considerando o decreto 5.259 da Prefeitura Municipal, de 24 de abril de 2020, que flexibiliza o funcionamento de algumas atividades, visando encontrar a medida exata entre o combate à disseminação do vírus e o cuidado com os impactos econômico-sociais, autorizando o funcionamento escalonado de atividades comerciais a partir de 27 de abril de 2020, a parlamentar solicita a aprovação da proposta por parte do poder legislativo. “Fica prorrogado o vencimento da cota única ou parcelas do IPTU, em função dos impactos da pandemia, por 90 dias, com vencimento até 27 de maio de 2020; 60 dias, com vencimento até 27 de junho de 2020; 30 dias, com vencimento até 27 de julho de 2020”, solicita. Ainda de acordo com a proposta, o prazo contido no disposto será aplicado às atividades suspensas a partir do retorno do funcionamento. Abreu também quer a aplicação do disposto em caso de decreto municipal suspendendo às atividades. O projeto de lei está na pauta desta quinta-feira (30). (Achei Sudoeste/ Foto Lay Amorim)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
Magno Felzemburg - Consumidor
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia