Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a democracia está ameaçada no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.08.2020 07:51h
Assembleia Legislativa

Deputado propõe que parcelas de financiamentos de vans escolares sejam suspensas durante pandemia

 
Foto Reprodução

O deputado Euclides Fernandes (PDT) protocolou, na Assembleia Legislativa, projeto de lei sugerindo a proibição de cobrança de parcelas de financiamento de vans utilizadas para transporte escolar enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas na Bahia.

O pedetista deixa claro que “não se trata de perdoar a dívida, mas de possibilitar a protelação do pagamento das parcelas para o final dos contratos, a fim de se evitar um colapso ainda maior no sustento das famílias dos trabalhadores do setor de transporte escolar”.

Na justificativa, o parlamentar explica que um dos efeitos da pandemia decorrente da Covid-19 foi a suspensão das aulas presenciais nos estabelecimentos de ensino de todo o Estado. Ele lembra que este fato “afetou profundamente os trabalhadores do setor de transporte escolar, os quais ficaram sem qualquer possibilidade de exercer suas atividades”.

A grande dificuldade em que o setor se encontra com a ausência de receita “faz com que as cobranças pelas instituições financeiras se tornem um transtorno ainda maior”, diz Euclides, ressaltando que “a inadimplência não se dá por culpa ou má-fé dos trabalhadores, os quais, indiscutivelmente, são a parte mais vulneráveis da relação contratual”.

O projeto, que já tramita no Legislativo, não só veda a cobrança como também a inscrição do nome dos devedores nos bancos de dados dos órgãos de restrição ao crédito e a apreensão das vans escolares financiadas. “Neste passo, as parcelas dos financiamentos que tiverem vencido durante a suspensão das aulas presenciais devem ser cobradas ao fim dos contratos, sendo proibida a cobrança de multa, juros e correção monetária sobre este período”, aponta. (AL-BA/ Foto Reprodução)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia