Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que a democracia está ameaçada no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 31.08.2020 11:30h
Rio de Janeiro

MPF investiga presidente da Alerj em esquema de corrupção envolvendo cidades do interior do RJ

 

O Ministério Público Federal (MPF) investiga o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT-Foto) em um esquema de corrupção envolvendo cidades do interior do estado.

Segundo os promotores, a Alerj devolvia sobras do orçamento para o Governo do Estado e este, por sua vez, repassava a verba para o Fundo Estadual de Saúde que o transferia aos fundos municipais de cidades indicadas pelos deputados – quase sempre redutos eleitorais ou municípios onde esses parlamentares tinham interesses políticos.

Nesse ponto, o dinheiro retornava às mãos dos deputados sob a forma de propina. Dentro dessa movimentação, apenas em 2019 a Alerj repassou R$ 106 milhões.

De acordo com os procuradores, após esses repasses, André Ceciliano teria procurado o então secretário de Saúde Edmar Santos para indicar quais municípios deveriam receber esse dinheiro.

Todas essas informações constam na delação premiada de Edmar Santos.

Ceciliano foi um dos alvos da operação de busca e apreensão feita na sexta-feira (28) pela Polícia Federal. Os agentes estiveram em seu gabinete e também apreenderam seu telefone celular.

Segundo o MPF, a mudança de governo em 2018 não acabou com o esquema de corrupção na Alerj.

O protagonista desse esquema aprimorado, dizem os promotores, seria o atual presidente da Casa, André Ceciliano.

Segundo os procuradores da República, a cidade de Carapebus recebeu menos de R$ 70 mil nos últimos anos, mas apenas em abril de 2020 foi agraciado com R$ 5 milhões.

Já o município de Campos, que em 2019 não tinha recebido mais de R$ 900 mil, em novembro de 2019 recebeu um valor próximo de R$ 11 milhões.

Repasses maiores que a média também teriam sido feitos a Bom Jesus do Itabapoana e São Fidélis. (G1)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia