Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

A vacina contra a Covid-19 deve ser obrigatória no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 30.11.2020 06:00h
Interior de São Paulo

Bauru elege sua primeira prefeita: jovem, negra e conservadora

 

A cidade de Bauru, no interior de São Paulo, elegeu neste domingo (29) a primeira mulher prefeita: a jornalista Suéllen Rosim (Patriota-Foto). Com 89.725 votos, o equivalente a 55,98% dos votos válidos, ela derrotou o médico Dr. Raul (DEM), que obteve 70.558 votos (44,02% dos votos válidos). A abstenção na cidade foi de 32%.

No primeiro turno a candidata também ficou em primeiro lugar, com 57.844 votos (35,60%), contra 53.299 (32,80%) de Dr. Raul. O vice-prefeito será Dr. Orlando Dias, também do Patriota. Suéllen concorreu em uma chapa pura, sem coligações.

29 nov, 2020

Suéllen tem 32 anos e nasceu em Dourados (MS), mas mora no estado de São Paulo há 20 anos. Formada em comunicação pelo Centro Universitário Toledo, ela foi repórter e produtora da TV TEM, afiliada da Rede Globo em Bauru. Em 2018, após deixar a empresa, Suéllen ingressou na carreira política e se candidatou a deputada estadual pelo Patriota, conquistando pouco mais de 30 mil votos. Ela ficou com a primeira suplência da sigla na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

O Patriota, partido registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2012, se define como “moralmente conservador, economicamente defensor do livre-mercado e confessionalmente cristão”.

Evangélica, Suéllen é palestrante e faz trabalhos com publicidade, além de ser cantora gospel. Ela tem uma dupla com a irmã, Taynara. É também coordenadora do seu partido em 25 municípios da região e presidente estadual do Patriota Mulher SP.

Entre as propostas apresentadas por ela para o municiípio, está a realização de parcerias público-privadas (PPPs) para revitalizar a área central de Bauru e uma reforma administrativa municipal.

Dos R$ 622.500 arrecadados durante a campanha, R$ 165 mil vieram do fundo partidário e R$ 7.500 foram provenientes de doações de pessoas físicas. À Justiça Eleitoral, Suéllen declarou um patrimônio de R$ 1.659,92. (congressoemfoco)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Genesio Serafim - Loja de vete
 
Lindiomar - Cerveja
 
Gutemberg advogado Assessoria
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2021

2020

2019

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia