Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você é a favor que haja o carnaval no inicio de 2022?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 22.01.2021 09:21h
Sudoeste baiano

Áudio do presidente da Câmara de Brumado sobre "farra" com salários vaza

 
Foto Lay Amorim

O presidente da Câmara Municipal de Brumado, José Carlos Marques Pessoa (PSB), o Zé Carlos de Jonas, se envolveu em uma polêmica após ter tido um áudio vazado nas redes sociais. Nele, o presidente convida os demais vereadores para comemorar o primeiro salário com uma “farra” no feriado.

“Colegas vereadores, queria comunicar a vocês que o dinheiro já está em conta. Pode gastar o dinheiro e fazer suas farras, primeiro pagamento é pra fazer farra”, disse. Em seguida, ele ainda solicita dos colegas, que seja convidado caso fossem fazer “farra”. “Me convidem, quero estar junto com vocês fazendo esta farra aí. Mas com o dinheiro de vocês, que o meu (...) já tá comprometido”, ironizou.

Em entrevista ao site, ele minimizou a questão alegando que se tratava apenas de uma brincadeira entre colegas. “Quando o pessoal da secretaria me deu a notícia que o pagamento já estava em conta, eu fiz uma brincadeira ao avisar os colegas. Fiz apenas uma brincadeira em um grupo de colegas. Achei que só iria ficar entre nós”, declarou. Zé Carlos justificou ainda que se referiu a “tomar uma no feriado” em resposta a outras brincadeiras feitas pelos colegas, que cobravam a liberação do pagamento antes do feriado. “Os aproveitadores pegaram esse áudio e vazaram. Estou tranquilo! Não foi na maldade, foi pra descontrair”, completou. Após o episódio, ele disse que terá mais cuidado ao se manifestar no grupo. “É perigoso, vou ficar esperto. Serviu de alerta pra mim”, ponderou. (Achei Sudoeste/ Foto Lay Amorim)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
 
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Genesio Serafim - Loja de vete
 
Lindiomar - Cerveja
 
Tinga - material eletrico
 
Meio - Sindicato dos Comerciarios
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2021

2020

2019

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia