Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você é a favor da terceira dose de vacina contra a covid - 19?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 29.01.2021 11:32h
Feira de Santana

"Não venho aqui fazer política", diz Messias Gonzaga ao ser apresentado como novo Ouvidor da Câmara Municipal

 
Foto Daniela Oliveira

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Fernando Torres (PSD), apresentou oficialmente o ex-vereador Messias Gonzaga como o novo Ouvidor da Câmara, durante coletiva na manhã desta sexta-feira (28). A indicação foi de parte da bancada de oposição formada pelos vereadores Jhonatas Monteiro (PSOL), Silvio Dias (PT) e Professor Ivamberg (PT), que também estiveram presentes no ato.

Na oportunidade, Torres ressaltou a felicidade ao receber de parte da bancada de oposição o nome de Messias como indicação. “A indicação veio por meio da bancada de oposição e logo que chegou o nome eu acatei. Fiquei feliz em ver seu nome conosco para fazermos o nosso trabalho aqui na Câmara, servir a população de Feira, a comunidade, por sua honestidade, por seu passado”, declarou e inclusive confessou que teve receio que o convite não fosse aceito.
Messias deixou claro sua satisfação em voltar à Câmara Municipal como Ouvidor.

“Não sou saudosista. Aqui vivi 22 anos e fiz o melhor que pude fazer. Saí com as mãos limpas, com a cabeça erguida e nem me passa mais pela cabeça ser vereador, mas não passava tãopouco estar aqui na Câmara, mas a lembrança da bancada e sua [Fernando] me convenceram a aceitar este novo desafio a ser enfrentado”, disse, ressaltando sua surpresa com o convite.

O ex-vereador deixou claro que seu papel como Ouvidor não será político. “A Ouvidoria não é política, não é de oposição, não é de situação, é um órgão técnico auxiliar para ajudar vocês vereadores. Não venho aqui par fazer política, mas para fazer algo que é novidade aqui, mas não no resto do mundo, que é a ouvidoria. Aproximar o povo, ouvir e saber o que o povo está desejando para melhorar as suas ações”, salientou. (Daniela Oliveira)
 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 


 
 
 
 
Facebook
 
 
 
 
BAN CAF CULTURA
 
Livro do jornalista Jnio Rego
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Genesio Serafim - Loja de vete
 
Lindiomar - Cerveja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2021

2020

2019

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia