Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Deve ser proibido o uso de celular nas escolas?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 26.02.2021 10:33h
Política

UPB cobra do Senado medidas de amparo financeiro aos municípios durante o período de pandemia

 
Foto Reprodução

Na reunião dos representantes do movimento municipalista com o novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, realizada virtualmente, nesta quinta-feira (25), o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Eures Ribeiro, cobrou medidas que amparem financeiramente as cidades durante o período de pandemia da Covid-19.

“Neste momento de crise, muitas prefeituras ainda estão tendo o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) sequestrado para pagar uma dívida que não tem fim. É insustentável impor que o município pague uma alíquota de 22% quando a atividade desenvolvida tem função pública. Isso precisa mudar e contamos com o apoio dos senadores”, solicitou o presidente da UPB.

O presidente do Senado confirmou a necessidade do diálogo com a Confederação Nacional de Municípios e as associações municipalistas, ressaltando que tem intenção de aprofundar o debate sobre pontos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial que desagradam o movimento municipalista, entre os quais está a extinção das vinculações constitucionais para aplicação mínima de recursos para as áreas de educação e saúde. "Houve várias manifestações. Houve uma reação grande e é um tema que será refletido em um debate que começa hoje no Senado e seria bom a CNM participar do debate”, disse, no encontro.

Os prefeitos solicitam apoio do Congresso Nacional para que, através de uma PEC, se altere o parcelamento da dívida previdenciária de 60 para até 240 meses e que se prorrogue o auxílio emergencial para proteger as famílias mais vulneráveis. (A Tarde/ Foto Reprodução) 

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2024

2023

2022

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia